SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 número2Fenologia da floração e frutificação de espécies silvestres e híbridos de PassifloraCorrelação fenotípica entre características foliares e atributos físicos e químicos de frutos de abacaxizeiro cv. Vitória índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

VIEIRA, Marcelo José et al. Relação entre conteúdo de matéria seca na colheita e índices de maturação e qualidade pós-colheita de maçãs ‘Fuji’. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2018, vol.40, n.2, e-596.  Epub 22-Mar-2018. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/0100-29452018596.

Dois experimentos foram conduzidos para avaliar as relações entre o conteúdo de matéria seca (CMS) e os índices de maturação de maçãs clones de ‘Fuji’ (‘Mishima’, ‘Fuji Select’ e ‘Fuji Suprema’) durante a fase final de crescimento dos frutos e as relações entre o CMS na colheita e a qualidade pós-colheita dos frutos. Os frutos foram colhidos em plantas enxertadas sobre M9 ou Marubakaido com filtro M9, em Caçador, São Joaquim e Vacaria. No experimento 1 (2014), a maturação dos frutos foi monitorada periodicamente durante 83 dias antes da data de colheita comercial, em 2014. No experimento 2, os frutos foram colhidos em estádio de maturação ideal para longos períodos de armazenagem e armazenados sob atmosfera do ar a 0,5 ºC (2014) ou em estádio de maturação avançado e armazenados sob atmosfera controlada a 0,7 ºC (2014 e 2015). A maturação dos frutos foi caracterizada pela redução da firmeza da polpa e aumento do índice de amido e sólidos solúveis (SS), mas as mudanças no CMS foram mínimas nesse período. O CMS na colheita correlacionou-se com a firmeza de polpa e com o teor SS em somente um dos dois anos estudados e não foi associado com a incidência de desordens. Os resultados evidenciam que o CMS não é um bom indicador do estádio de maturação de maçãs ‘Fuji’, e seu emprego como indicador da qualidade pós-colheita não é consistente entre anos de produção, tornando seu uso limitado.

Palavras-chave : Malus domestica; teor de sólidos solúveis; firmeza de polpa.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )