SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 número2Ocorrência de Purpureocillium lilacinum em ninfas de mosca-negra-dos-citrosEstudo do crescimento e distribuição espacial do sistema radicular de diferentes combinações de cultivares de pereiras europeias sobre porta-enxertos de marmeleiros índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

ROSA, Joatan Machado da et al. Diagnóstico dos serviços de polinização comercial em pomares de macieiras no brasil. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2018, vol.40, n.2, e-234.  Epub 09-Abr-2018. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/0100-29452018234.

Os serviços de polinização realizados por Apis mellifera são fundamentais para a produção de maçãs com qualidade. O objetivo deste estudo foi obter informações sobre os serviços de polinização utilizados nos municípios Vacaria-RS e São Joaquim-SC, principais regiões produtoras de maçãs no Brasil. Entrevistas presenciais com questionários semiestruturados foram realizadas junto aos maleicultores e técnicos responsáveis pelos pomares, entre 2013 e 2015. As informações obtidas foram: a) sistema de cultivo adotado; b) emprego de serviços de polinização; c) número de colmeias por hectare na floração; d) valor do aluguel de colmeias; e) mortalidade de colônias; f) insumos químicos utilizados na floração; e g) presença de abelhas nativas na floração. Em Vacaria e São Joaquim, 70% e 68,6% dos maleicultores utilizam a produção integrada de maçã como modelo produtivo. A polinização comercial é utilizada por 100% e 90,0% dos entrevistados, respectivamente, dos quais 80% e 47,1% optam pelo aluguel de colmeias. Em média, são utilizadas três colmeias por hectare em ambas as regiões. O custo médio é de R$ 56,60 e R$ 57,30 por colmeia, respectivamente. Durante a floração, agrotóxicos foram utilizados por 100% e 97,2% dos entrevistados. O maior percentual médio de mortalidade de colônias foi relatado em Vacaria, 11,8%. Abelhas nativas são frequentemente observadas na floração. É imprescindível o desenvolvimento de estratégias de manejo para a conservação de polinizadores domésticos e silvestres.

Palavras-chave : Malus domestica; Apis mellifera; Diagnóstico da polinização; entrevistas.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )