SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 número2Composição mineral de folhas e frutos da macieira ‘Fuji’ em diferentes porta-enxertos na região de São Joaquim-SC índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

SALOMAO, Luiz Carlos Chamhum; SIQUEIRA, Dalmo Lopes de  e  SILVA, Danielle Fabíola Pereira da. Produção da mangueira ‘Ubá’ submetida à poda de rejuvenescimento e adubada com nitrogênio. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2018, vol.40, n.2, e-812.  Epub 14-Maio-2018. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/0100-29452018812.

A poda de rejuvenescimento ou recepagem é prática utilizada em espécies frutíferas como a mangueira, cujas plantas podem ultrapassar dez metros de altura, comprometendo a execução de práticas como pulverizações e colheita. O trabalho teve como objetivo avaliar a retomada da produção de mangueiras ‘Ubá’, previamente recepadas e submetidas à adubação com doses crescentes de nitrogênio, em cinco safras. O experimento foi instalado em Visconde do Rio Branco-MG. Mangueiras com 19 anos de idade foram recepadas na altura das pernadas, acerca de 1,5 m acima do solo. Posteriormente, foram conduzidas com cinco a seis pernadas cada. No ano em que foi feita a recepagem iniciaram-se as adubações nitrogenadas diferenciais das mangueiras, parceladas em três frações iguais, entre outubro de um ano e fevereiro do ano seguinte. Foram aplicados anualmente, por planta, 160 g de P2O5, na forma de superfosfato simples, 350 g de K2O, na forma de cloreto de potássio, conforme os resultados da análise de solo, e 0; 175; 350; 525 e 700 g de N, na forma de ureia. As mangueiras voltaram a frutificar dois anos após a recepagem e foram avaliadas nas cinco primeiras safras, quantificando-se a produção, em kg por planta, e o número de frutos produzidos por planta. A produção das mangueiras já estava estável na quinta safra ou sete anos após a recepagem. A dose de nitrogênio que resultou em máxima produção foi de 238,9 g/planta.

Palavras-chave : Mangifera indica L.; ureia; nutrição mineral.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )