SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 número4Qualidade pós-colheita do abacaxi ‘Vitória’ em função de tipos de mudas e idade da planta para indução floralDeterminação do período de tratamento de mudas de bananeira com rizobactérias no controle de Meloidogyne javanica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

CAMARGO, Letícia Kurchaidt Pinheiro et al. Caracterização pós-colheita de híbridos de morangueiro obtidos do cruzamento entre cultivares comerciais. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2018, vol.40, n.4, e-821.  Epub 19-Jul-2018. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/0100-29452018821.

A falta de programas de melhoramento da cultura do morangueiro no Brasil levou a crescente aumento da utilização de mudas importadas do Chile, gerando certa dependência do material importado por parte dos produtores e onera ainda mais a produção, pois os produtores têm que pagar às empresas que detém os royalties de algumas variedades. O que comprova ainda mais a necessidade de desenvolvimento de cultivares adaptados às condições locais de cultivo. Nesse sentido, buscou-se avaliar a pós-colheita de frutos de 15 híbridos de morangueiro obtidos do cruzamento entre cultivares comerciais, a fim de selecionar os materiais com qualidade química superiores as cultivares mais plantadas no Brasil. Foram avaliados os teores de sólidos solúveis, acidez titulável, ratio, vitamina C, antocianinas e fenólicos. A caracterização dos híbridos de morangueiro indicou que os materiais RVFS 13-07, RVFS 13-24, RVCS 13-07, RVCS 13-10 e RVCA 13-08 se destacaram nas avaliações pós-colheita, com maiores teores de compostos funcionais (vitamina C, antocianinas e fenólicos) e maiores valores dos parâmetros de qualidade (sólidos solúveis, acidez titulável e ratio), características importantes seja para o consumo in natura, seja para utilização pela indústria. Esses híbridos se mostraram promissores para continuar no programa de melhoramento genético da cultura ao demonstrarem que levaram características de interesse dos cruzamentos intraespecíficos. Os valores obtidos para as características analisadas foram superiores aos valores encontrados na literatura para as cultivares mais plantadas e consumidas no Brasil e no Mundo, o que demonstra a eficiência no processo de seleção.

Palavras-chave : Fragaria ananassa; qualidade; melhoramento genético; compostos funcionais.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )