SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 número2Influência do procedimento radiográfico na dose de entrada na pele de pacientes em raios-X pediátricosCarcinoma de células fusiformes de esôfago: relato de caso e revisão da literatura índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Radiologia Brasileira

versão On-line ISSN 1678-7099

Resumo

FIGUEIREDO, Sizenildo da Silva et al. Estenose hipertrófica do piloro: caracterização clínica, radiológica e ecográfica. Radiol Bras [online]. 2003, vol.36, n.2, pp.111-116. ISSN 1678-7099.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-39842003000200010.

Estenose hipertrófica do piloro é uma condição comum em infantes com 2 - 12 semanas de idade e cuja causa permanece desconhecida. O diagnóstico clínico baseia-se na história de vômitos não-biliosos em jato, sinais de hiperperistalse gástrica e "tumor" pilórico palpável ao exame físico. Os autores ilustram os típicos achados desta alteração em seriografias do trato gastrointestinal superior e na ultra-sonografia abdominal. Critérios diagnósticos são descritos e as aplicações desses dois métodos são estabelecidos segundo a literatura vigente.

Palavras-chave : Estenose hipertrófica do piloro; Piloro; Vômitos; Ultra-sonografia; Infante.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons