SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número3Termoablação a laser de tumores hepáticos: atualizaçãoTimo: caracterização ultra-sonográfica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Radiologia Brasileira

versão On-line ISSN 1678-7099

Resumo

LOUVEIRA, Maria Helena et al. Densidade mamográfica assimétrica: como investigar? (Revisão de literatura e apresentação de rotina de investigação). Radiol Bras [online]. 2004, vol.37, n.3, pp.199-205. ISSN 1678-7099.  https://doi.org/10.1590/S0100-39842004000300012.

A distribuição de tecido fibroglandular nas mamas ocorre em sua maioria de forma simétrica, e qualquer alteração nesta simetria pode ser indício de lesão oculta no parênquima. A avaliação da densidade assimétrica constitui, portanto, um dos principais desafios no dia-a-dia do radiologista, no sentido de diferenciar áreas de superposição de estruturas normais de lesões parenquimatosas verdadeiras. O conhecimento das diferentes técnicas e dos recursos que podem ser utilizados na investigação das densidades assimétricas é de grande importância, assim como o estabelecimento de protocolo de sua avaliação, para que a origem dessas densidades seja plenamente estabelecida, uma vez que elas podem representar a única manifestação de um câncer de mama oculto, clínica e radiograficamente.

Palavras-chave : Densidade assimétrica; Mamografia; Carcinoma lobular invasivo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons