SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue2Is multislice computed tomography an important tool for breast cancer staging and follow-up? author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Radiologia Brasileira

Print version ISSN 0100-3984

Abstract

JACOB JUNIOR, Chárbel et al. Fratura toracolombar do tipo explosão: o que o radiologista deve conhecer. Radiol Bras [online]. 2012, vol.45, n.2, pp. 101-104. ISSN 0100-3984.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-39842012000200008.

As fraturas vertebrais do tipo explosão são definidas como fraturas nas quais ocorre comprometimento da coluna anterior, média e posterior da vértebra. O tratamento destas fraturas vertebrais persiste indefinido, gerando questionamentos quanto à melhor forma de intervenção destes pacientes. Devido a estas dúvidas, os métodos de imagem apresentam papel fundamental na propedêutica pré-operatória. No entanto, diversas análises e mensurações são realizadas pelos cirurgiões de coluna sem padronização e consenso antes de se decidir sobre a melhor abordagem destes casos. Nesta revisão temos como objetivo padronizar e descrever as principais técnicas e achados radiológicos, com base nos principais critérios de instabilidade utilizados pelos cirurgiões na avaliação da fratura toracolombar tipo explosão, sendo eles, a medida da perda da altura da parede anterior da vértebra fraturada, a porcentagem de fragmento intracanal e o grau de abertura da distância interespinhosa e interpedicular. Acreditamos que, ao padronizar as principais mensurações realizadas para avaliação das fraturas toracolombares do tipo explosão por meio dos métodos radiológicos, estaremos fornecendo informações necessárias para a melhor interpretação dos resultados dos exames e, consequentemente, para uma tomada de decisão mais adequada acerca do tratamento.

Keywords : Radiologia; Fratura; Coluna vertebral.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese