SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue2Quantification of Diplodia macrospora and D. maydis inoculum in crop residues, in the air, and its relationship with infection of corn kernelsReaction of corn hybrids to white ear rot author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Fitopatologia Brasileira

Print version ISSN 0100-4158

Abstract

NOJOSA, Gutemberg Barone A. et al. Componentes fenólicos e enzimas oxidativas em clones de Theobroma cacao resistentes e suscetíveis a Crinipellis perniciosa. Fitopatol. bras. [online]. 2003, vol.28, n.2, pp. 148-154. ISSN 0100-4158.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-41582003000200005.

Os níveis de fenóis solúveis totais e a atividade das enzimas oxidativas polifenoloxidases e peroxidases foram estudados em tecidos foliares sadios dos clones de cacaueiro (Theobroma cacao) SCA 6, TSH 1188, TSH 565, TSH 516, EET 397, EET 62, TSA 641, SIAL 505, RIM 106, RIM 52, SIC 24 e UF 613, com o objetivo de estudar possível(is) mecanismo(s) de resistência de cacaueiro a Crinipellis perniciosa. Os níveis de fenóis solúveis totais foram mais elevados em clones de cacaueiro com resistência a C. perniciosa, e podem estar contribuindo na resposta de defesa contra o patógeno. A atividade de polifenoloxidases foi menor nos clones resistentes do que nos clones suscetíveis. A atividade de peroxidases em folhas maduras foi menor nos clones resistentes, mas em folhas jovens não foi possível estabelecer uma relação da atividade de peroxidase com os clones resistentes. Os níveis de fenóis e a atividade das enzimas oxidativas correlacionaram-se de forma inversa na maioria dos clones estudados, o que pode indicar uma inibição das enzimas peroxidases e polifenoloxidases pelos compostos fenólicos.

Keywords : peroxidases; polifenoloxidases; vassoura-de-bruxa; cacau; resistência.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese