SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número4Potencial de isolados de Fusarium oxysporum não patogênico no controle da murcha de Fusarium do tomateiroDetecção de Varicosavirus e Ophiovirus associados à síndrome do espessamento clorótico das nervuras da alface no Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Fitopatologia Brasileira

versão impressa ISSN 0100-4158

Resumo

SALGADO, Sônia M. Lima; RESENDE, Mário Lúcio V.  e  CAMPOS, Vicente P.. Reprodução de Meloidogyne exigua em cultivares de cafeeiros resistentes e suscetíveis. Fitopatol. bras. [online]. 2005, vol.30, n.4, pp. 413-415. ISSN 0100-4158.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-41582005000400013.

A resistência do cafeeiro (Coffea arabica) Iapar-59 a Meloidogyne exigua foi comparada com a cultivar IAC-Apoatã, empregada como padrão de resistência, e com as cultivares suscetíveis Mundo Novo (IAC 379-19), Catuaí (IAC 62) e Tupi (IAC 1669-33). Plantas de um ano de idade foram inoculadas com 10.000 ovos de M. exigua. Aos 93 dias da inoculação avaliou-se a reprodução de M. exigua através do número de galhas (NG), número de ovos (NO), fator de reprodução (FR), reducão no fator de reprodução e comportamento dos cafeeiros. Menor reprodução de M. exigua foi igualmente (P<0,05) observada nos cafeeiros Iapar-59 e Apoatã, nos quais o IG, NO e FR foram menores do que aqueles observados nas cultivares Mundo Novo, Catuaí e Tupi. Maior redução no FR de M. exigua ocorreu nos cafeeiros Apoatã e Iapar-59, indicando a reação de resistência do Iapar-59.

Palavras-chave : nematóide das galhas; resistência; Coffea arabica; C. canephora.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português