SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue4Detection of Varicosavirus and Ophiovirus in lettuce associated with lettuce big-vein symptoms in BrazilFirst reporter of Mycosphaerella fijiensis on Heliconia psittacorum leaves author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Fitopatologia Brasileira

Print version ISSN 0100-4158

Abstract

COSTAMILAN, Leila M.. Variabilidade do agente causal de oídio de trigo, Blumeria graminis f. sp. tritici, na safra 2003. Fitopatol. bras. [online]. 2005, vol.30, n.4, pp. 420-422. ISSN 0100-4158.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-41582005000400015.

Oídio de trigo (Triticum aestivum), causado pelo fungo biotrófico Blumeria graminis f. sp. tritici, é uma das principais doenças desta cultura, levando a danos entre 10% e 62% no rendimento de grãos, no Brasil. A doença pode ser controlada por meio de resistência genética, porém o patógeno apresenta especialização fisiológica, o que o torna capaz de infetar cultivares de trigo resistentes em anos anteriores. Este trabalho teve como objetivo avaliar a variabilidade de populações patogênicas de B. graminis f. sp. tritici coletadas no Brasil e a efetividade de genes de resistência de trigo a oídio, na safra 2003. Plantas de trigo da série diferencial para raças foram inoculadas com cada isolado monopustular. Foram identificadas 31 combinações de genes efetivos e inefetivos para resistência. Para as amostras da população de oídio estudada, o gene de resistência de trigo Pm4a+... permaneceu totalmente efetivo para todos os isolados, e o gene Pm6 foi altamente efetivo (abaixo de 10% de suscetibilidade), enquanto os genes Pm3a e Pm8 foram totalmente inefetivos (suscetíveis a todos os isolados). Os genes Pm1, 2, 4a, 1+? e 2+Mld foram medianamente efetivos para a maioria dos isolados (entre 10% e 49% de suscetibilidade), e Pm3c, D1 e D2 mostraram baixa efetividade (acima de 50% de suscetibilidade). A fórmula de virulência Pm1, 3c, 4a, 6, 1+?, 2+Mld, 4a+..., D2 (genes efetivos) / 2, 3a, 8, D1 (genes inefetivos) foi a mais freqüentemente encontrada, respondendo por 15% das ocorrências. O número mais freqüente de genes inefetivos foi sete, variando entre três e dez.

Keywords : Erisyphe graminis f. sp. tritici; Triticum aestivum; genética de polulações; especialização fisiológica.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English