SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue2Determination of Copper, Iron, Nickel and Zinc in fuel kerosene by FAAS after adsorption and pre-concentration on 2-aminothiazole-modified silica gelCharacterization of humic acids of different origins by capillary electrophoresis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Eclética Química

Print version ISSN 0100-4670

Abstract

GARCIA, J.U. et al. Estudo da estabilidade térmica de óleos de peixes em atmosfera de nitrogênio. Eclet. Quím. [online]. 2004, vol.29, n.2, pp. 41-46. ISSN 0100-4670.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-46702004000200006.

Os peixes são uma fonte rica em ácidos graxos poliinsaturados ômega 3 e esses ácidos fornecem benefícios para a saúde humana além da nutrição básica. Por essa razão muitos estudos têm sido feitos enfocando a análise do teor das substâncias que compõem os alimentos e também aos efeitos dos processamentos a que esses alimentos são submetidos. Esses estudos têm se estendido aos recursos pesqueiros. Vários estudos sobre a estabilidade térmica e/ou oxidativa e sobre o comportamento cinético de óleos vegetais têm sido realizados por Termogravimetria (TG), Análise Térmica Diferencial (DTA) e Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC). No entanto, ainda são escassos os estudos sobre o comportamento térmico de óleos e gorduras de origem animal. Assim, avaliou-se a estabilidade térmica de cinco espécies de peixes do rio Araguaia (Goiás - Brasil) em atmosfera de nitrogênio por TG/DTG. Os resultados mostraram perdas de massa entre 235°C e 490°C e apontaram uma equivalência de comportamento termogravimétrico entre os óleos das cinco espécies e também entre esses óleos e alguns óleos vegetais, tais como, os óleos de araticum, buriti e dendê.

Keywords : Óleos de peixes; estabilidade térmica; termogravimetria.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese