SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número4Inibidores da colagenase do Clostridium histolyticumSíntese e caracterização do ácido 2-metoxicinamalpirúvico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Eclética Química

versão impressa ISSN 0100-4670versão On-line ISSN 1678-4618

Resumo

COUTINHO, I. D. et al. Determinação de compostos fenólicos e avaliação da capacidade antioxidante das folhas de Campomanesia adamantium. Eclet. Quím. [online]. 2008, vol.33, n.4, pp.53-60. ISSN 1678-4618.  https://doi.org/10.1590/S0100-46702008000400007.

Cinco flavanonas e três chalconas foram isoladas das folhas de Campomanesia adamantium Berg. (Myrtaceae). O teor desses compostos foram determinados por CLAE. O teor de compostos fenólicos também foi determinado. O monitoramento da atividade antioxidante foi feito pela inibição da peroxidação usando o sistema do ácido linoleico e método do radical livre 2,2-difenil-1-picrilhidrazila - DPPH•. As espécies vegetais foram coletadas em 4 cidades diferentes do estado de Mato Grosso do Sul, Brasil. As diferentes amostras exibiram uma variação de 4,67-232,35 mg/g chalconas e 15,62-50,71 mg/g flavanonas e teor de compostos fenólicos de 7,24-21,19 mg/g ácido gálico. Todos os extratos exibiram alta atividade antioxidante com uma variação do efeito radical livre (DPPH) de 52,0-92,2 % e da inibição da oxidação do ácido linoleico de 14,6-94,2%.

Palavras-chave : Campomanesia adamantium; chalconas; flavononas; atividade antioxidante.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons