SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 issue2Chemical waste management in a teaching and research laboratory: the experience of the Laboratory of Limnology of UFRJHumic substances from sediments of Lobos Pond (Argentina). Isolation, characterization and limnological implications author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Eclética Química

Print version ISSN 0100-4670

Abstract

MANENTE, Francine Alessandra et al. Efeito da complexação de metais aos antiinflamatórios na ação contra agentes oxidativos e radicais livres: ação do cetoprofeno. Eclet. Quím. [online]. 2011, vol.36, n.2, pp. 107-127. ISSN 0100-4670.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-46702011000200006.

Os radicais livres são espécies altamente reativas geradas nos organismos vivos com a finalidade de proteção. Porém, em algumas circunstâncias, estes são responsáveis pela ocorrência ou o agravo de danos teciduais. Muitos antiinflamatórios apresentam ação direta sobre radicais livres e espécies reativas não radicalares, o que contribui para suas ações contra a inflamação. O cetoprofeno é um antiinflamatório não esteroidal que gera radicais livres ao sofrer fotoirradiação e tem com isso um efeito hemolítico importante. A complexação de metais a diferentes fármacos tem sido utilizada como estratégia para melhorar a ação farmacológica de diferentes moléculas e reduzir seus efeitos colaterais. Neste trabalho são apresentados resultados do estudo de ação do cetoprofeno e seus complexos de cério e cobre sobre radicais livres e sobre eritrócitos. Observou-se que o cério intensifica as propriedades scavenger do cetoprofeno sobre radicais livres enquanto o cobre intensifica as ações sobre oxidantes não radicalares. O cobre ainda reduziu o efeito hemolítico apresentado pelo cetoprofeno e mantido pelo seu derivado de cério.

Keywords : cetoprofeno; hemólise; dano oxidativo; radicais livres.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese