SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.47 issue114Do humanismo ridículo: a crítica da prefectibilidade humana em Pascal e LuteroNós geramos átomos em lugar da realidade das coisas: Pascal e o a-teísmo do infinito author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Kriterion: Revista de Filosofia

Print version ISSN 0100-512X

Abstract

OLIVA, Luís C. G.. Antecedentes filosóficos e teológicos do conceito pascaliano de natureza humana. Kriterion [online]. 2006, vol.47, n.114, pp. 367-408. ISSN 0100-512X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-512X2006000200011.

O artigo pretende examinar os antecedentes do conceito pascaliano de natureza humana, desde a matriz aristotélica da idéia de natureza, passando pela absorção do conceito pelo pensamento cristão de Agostinho e Tomás, pela constituição do conceito teológico de pura natureza na escolástica tardia e sua crítica por Jansenius. Pascal aprofunda essa crítica, mostrando que a completude e a suficiência pressupostas na idéia de pura natureza são incompatíveis com a atual condição do homem, embora a infelicidade humana aponte para o fato de que a natureza humana permanece relevante como uma exigência irrealizável.

Keywords : Pascal; Natureza Humana; Pura natureza; Incompletude.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese