SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.52 número124A dívida de Hume com PascalAgentes morais e a identidade da filosofia de Hume índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Kriterion: Revista de Filosofia

versión impresa ISSN 0100-512X

Resumen

BALIEIRO, Marcos Ribeiro. Hume e os propósitos da filosofia. Kriterion [online]. 2011, vol.52, n.124, pp.385-396. ISSN 0100-512X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-512X2011000200009.

Hume é geralmente visto como um filósofo que, além de defender princípios céticos, pretendeu oferecer uma nova fundação para as ciências, baseada no estudo minucioso da natureza humana. De fato, não há dúvidas de que esse seria, para ele, um dos principais propósitos a que sua filosofia precisava servir. Procuraremos mostrar, no presente trabalho, que essa visão da filosofia humiana é, no fim das contas, limitada, já que perde de vista o fato de que, em textos posteriores, o filósofo escocês tentou estabelecer que a atividade filosófica deveria ser construída de modo a colaborar para a formação moral de seu público.

Palabras clave : Hume; filosofia escocesa; moral; século XVIII.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons