SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 issue134ON ENVATTMENT - DISJUNCTIVISM, SKEPTICAL SCENARIOS AND RATIONALITYMACHIAVEL ET LA RHETORIQUE DES HUMEURS author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Kriterion: Revista de Filosofia

Print version ISSN 0100-512XOn-line version ISSN 1981-5336

Abstract

INCERTI, Fabiano. O NASCIMENTO DO INQUÉRITO NA TRAGÉDIA DE "ÉDIPO-REI": UMA LEITURA FOUCAULTIANA. Kriterion [online]. 2016, vol.57, n.134, pp.545-564. ISSN 0100-512X.  http://dx.doi.org/10.1590/0100-512x2016n13410fi.

Michel Foucault considera a tragédia de "Édipo-Rei" como uma história de saber-poder da qual emerge, no nascente direito grego, a prática do inquérito (enquête). Para ele, a trama discorre acerca da repressão que pesa sobre os sistemas ocidentais de verdade. Se de alguma maneira há uma determinação edipiana no Ocidente, esta não está no nível do desejo, como acredita a psicanálise, mas se encontra no interior do sistema de coações que sustenta, desde a Grécia, o discurso sobre a verdade e que se expressa a partir da exigência política, jurídica e religiosa de converter o acontecimento num fato conservado definitivamente por meio da comprovação das testemunhas. Édipo é, em síntese, uma história da verdade, em que há um crime que precisa ser desvendado e um criminoso a ser punido, e cada uma das partes da investigação atende rigorosamente às leis da época.

Keywords : Inquérito; Testemunha; Verdade; "Édipo-Rei"; Michel Foucault.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )