SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.58 número136O ARGUMENTO DA ESTABILIDADE NO CONTRATUALISMO DE JOHN RAWLSVOLUNTARISMO E COGNITIVISMO: A CRÍTICA DE MICHAEL SANDEL AO CONTRATUALISMO DE RAWLS índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Kriterion: Revista de Filosofia

versão impressa ISSN 0100-512Xversão On-line ISSN 1981-5336

Resumo

NICOLE, Darat G. HOBBES AS A SOCIOBIOLOGIST. RETHINKING THE STATE OF (HUMAN) NATURE. Kriterion [online]. 2017, vol.58, n.136, pp.163-183. ISSN 0100-512X.  https://doi.org/10.1590/0100-512x2017n13609ndg.

No texto a seguir, pretendemos apresentar uma proposta de interpretação da obra de Hobbes a partir de sociobiologia. Apesar de poder chocar alguns em primeiro lugar como um anacronismo ou errado, ler o filósofo da Mamelsbury a partir de uma perspectiva sociobiológica pode lançar luz sobre alguns aspectos particulares do seu argumento, em especial os referentes à construção da natureza humana e sua influência sobre a modulação do estado de natureza e sobre a justificação da autoridade e obrigação política. Portanto, Hobbes procede como um sociobiólogo, já que ele nos oferece um conto sobre o surgimento da moralidade de onde ela não existia antes e se move de lá para uma compreensão específica da autoridade política.

Palavras-chave : Hobbes; Contrato social; Natureza humana; Sociobiologia; Conflito; Política.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )