SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 issue2Chemical control of soybean rust (Phakopsora pachyrhizi Sidow) in soybean cropEffects of banana streak virus on the development of banana cultivars author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Summa Phytopathologica

Print version ISSN 0100-5405

Abstract

GOMES, Nei Sebastião Braga; AUER, Celso Garcia  and  GRIGOLETTI JUNIOR, Albino. Crescimento in vitro de isolados de Armillaria sp. obtidos de Pinus elliottii var: elliottii sob várias temperaturas. Summa phytopathol. [online]. 2007, vol.33, n.2, pp. 187-189. ISSN 0100-5405.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-54052007000200014.

A armilariose tem sido considerada a principal doença em Pinus no Brasil. Os sintomas e danos consistem no amarelecimento de acículas, declínio, podridão de raízes, exsudação de resina e morte. A temperatura é um dos fatores ambientais que influencia patógenos, doença de plantas ou ambos. Este trabalho avaliou o comportamento de três isolados de Armillaria sp. obtidos de P. elliottii var. elliottii, submetidos a uma faixa de temperatura de 16 a 26 ºC, utilizando a biomassa seca produzida em meio líquido como parâmetro de análise. Verificou-se que todos os isolados apresentaram máxima produção de biomassa a 22 ºC. Utilizando-se de regressão cúbica encontrou-se temperaturas de máximo crescimento entre 21,79 e 23,19 ºC. De acordo com os resultados, a melhor temperatura para crescimento dos isolados testados situou-se em 22 ºC.

Keywords : fisiologia de fungo; patógeno; podridão de raízes.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese