SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número3Effects of soil solarization simulation with plant materials on the mycelial growth of soilborne phytopathogenic fungiReport of cowpea bacterial blight in Roraima and reaction of cultivars índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Summa Phytopathologica

versión impresa ISSN 0100-5405

Resumen

LINS, Severina Rodrigues de Oliveira et al. Controle alternativo da podridão peduncular em manga. Summa phytopathol. [online]. 2011, vol.37, n.3, pp. 121-126. ISSN 0100-5405.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-54052011000300007.

O objetivo dessa pesquisa foi verificar o efeito de produtos alternativos em mangas inoculadas com Lasiodiplodia theobromae e a influência desses sobre o crescimento micelial do fitopatógeno. Mangas foram tratadas com fosfato de potássio (FP) (50, 100 e 150), ácido hidroxidobenzóico (AH) (5, 10 e 15), cloreto de cálcio (CC) (0,13, 0,26 e 0,39) (em milimolar), Luz ultravioleta (LUV) (10; 20 e 30 min.), extratos de alho (EA), melão-de-são-caetano (EM), casca de manga (ECM) (25, 50 e 75%) e água (testemunha). Inoculou-se 10m de suspensão de 106 conídios/mL de L. theobromae imediatamente (T1), 12 horas (T2) e 24 horas, após os tratamentos (T3). No T1, os melhores tratamentos foram FP (50 mmol) e CC (0,13 mmol). No T2 foram CC (0,13 mmol), AH (5 mmol), EA (25%) e FP (100 mmol). No T3 não houve diferença entre os tratamentos. In vitro, os produtos foram misturados ao meio de cultura. Após solidificação, depositaram-se no centro de cada placa, estruturas do fitopatógeno. Quarenta e oito horas após, mediu-se o diâmetro da colônia. Os melhores tratamentos foram FP (100 e 150 mmol), ECM (50 e 75%) e EA (50%).

Palabras llave : Mangifera indica; pós-colheita; manejo; Lasiodiplodia theobromae.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués