SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 issue4Diagrammatic scale for assesment of the phaeosphaeria leaf spot severity in maizeViability of sclerotia of Sclerotinia sclerotiorum and incidence of antagonistic fungi in Cerrado soils author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Summa Phytopathologica

Print version ISSN 0100-5405

Abstract

FARIA, Gilmara de Sá et al. Controle de oídio em pepino parternocárpico com produtos alternativos em cultivo protegido. Summa phytopathol. [online]. 2011, vol.37, n.4, pp. 205-207. ISSN 0100-5405.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-54052011000400008.

O oídio é a doença mais importante para pepino partenocárpico em cultivo protegido na Região Norte do Paraná, em períodos de baixa umidade. As características desse agrossistema propiciam condições favoráveis ao uso de medidas alternativas para o controle dessa doença. Assim, cinco produtos alternativos foram avaliados para o controle de oídio em pepino partenocárpico, híbrido Hokushin, em cultivo protegido: leite cru de vaca, óleo de nim, acibenzolar-s-metil, extrato aquoso de cama de frango, extrato cítrico (Ecolife® 40) e o fungicida azoxistrobin, nas concentrações (ingrediente ativo por litro de água): 50,0 ml; 5,0 ml; 0,025g; 2,0 ml da diluição 1:2 v/v, e 0,06g, respectivamente. Os melhores resultados foram verificados para o óleo de nim, com eficiência de controle superior a azoxistrobin (36,8 e 27,8 %, respectivamente). Extrato de cama de frango e ecolife apresentaram os piores desempenhos, com eficiência de controle de 6,5 e 10,5%, respectivamente.

Keywords : Oidium spp; Cucumis sativus; controle alternativo; míldio pulverulento.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese