SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número4Elaboração e validação de escala diagramática para avaliação da severidade de oídio em folhas de mamoeiro índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Summa Phytopathologica

versão impressa ISSN 0100-5405

Resumo

PAULA JUNIOR, Trazilbo José de et al. Suscetibilidade de espécies de leguminosas usadas como adubo verde a Rhizoctonia solani e Sclerotium rolfsii. Summa phytopathol. [online]. 2011, vol.37, n.4, pp. 218-220. ISSN 0100-5405.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-54052011000400012.

Estudou-se a suscetibilidade de leguminosas utilizadas como adubos verdes em campos cultivados com feijão à podridão-radicular (Rhizoctonia solani) e à podridão-do-colo (Sclerotium rolfsii). Crotalaria breviflora, Canavalia ensiformis, Cajanus cajan, Dolichos lablab, Stizolobium cinereum, S. aterrimum, e as cultivares de feijão Pérola, Valente e Carnaval foram semeadas em solo infestado por R. solani AG-4 ou S. rolfsii em casa de vegetação. A emergência de D. lablab em solo infestado por R. solani foi reduzida a 62%. C. breviflora, C. ensiformis e Valente apresentaram a menor severidade de podridão-radicular. O fungo S. rolfsii reduziu drasticamente a emergência de todas as espécies; nenhuma plântula de C. cajan e S. cinereum emergiu. Todas as espécies apresentaram alta severidade de podridão-do-colo. As espécies de leguminosas testadas não são apropriadas para serem utilizadas como adubo verde em áreas de cultivo de feijão com alta população de R. solani e S. rolfsii.

Palavras-chave : Phaseolus vulgaris; rotação de culturas; patógeno habitante do solo; manejo integrado.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês