SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue1Ceratocystis wilt in eucalyptus: evaluation of resistance and epidemiological analysisMethodologies for breeding towards resistance and/or tolerance of soybean the Asian rust author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Summa Phytopathologica

Print version ISSN 0100-5405

Abstract

TOFFANO, Leonardo; FISCHER, Ivan Herman; BLUMER, Silvia  and  PASCHOLATI, Sérgio Florentino. Potencial do flavedo (epicarpo) de Citrus aurantifolia cv. Tahiti no controle do bolor verde e da antracnose em citros. Summa phytopathol. [online]. 2012, vol.38, n.1, pp. 61-66. ISSN 0100-5405.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-54052012000100010.

O Brasil é considerado o maior produtor de citros e o maior exportador de suco de laranja. Doenças de pós-colheita representam uma grande perda para a citricultura, sendo que para a exportação de frutos são rígidas as exigências com relação a isenção de resíduos químicos nos mesmos. Patógenos de importância em pós-colheita de citros incluem o Penicillium digitatum, agente causal do bolor-verde e o Colletotrichum gloeosporioides, agente causal da antracnose. Dada a importância econômica que representam estas doenças dos frutos cítricos, tanto em termos de comprometimento da qualidade e dificuldade de controle, a busca de alternativas adicionais que possam viabilizar a capacidade produtiva e garantir a obtenção de frutos com excelentes padrões de qualidade torna-se imprescindível. Portanto, estudou-se os efeitos dos extratos aquosos do flavedo de Citrus aurantifolia var. Tahiti, Lentinula edodes, Agaricus subrufescens (syn. Agaricus brasiliensis), albedo de Citrus sinensis var. Valência e do ácido jasmônico no controle póscolheita do bolor verde e da antracnose e na indução de resistência em frutos de laranjeira Valência (Citrus sinensis). Foi possível observar que o extrato aquoso do flavedo (C. aurantifolia) apresentou efeito inibitório sobre os patógenos, quando tratados em pós-colheita, em função da redução dos sintomas e esporulação. Porém, os extratos de albedo (C. sinensis), L. edodes, A. subrufescens e o ácido jasmônico não apresentaram efeitos sobre P. digitatum e C. gloeosporioides.

Keywords : Penicillium digitatum; Colletotrichum gloeosporioides; Agaricus blazei; Lentinula edodes; Agaricus subrufescens; albedo; Citrus sinensis; ácido jasmônico.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese