SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 número1Análise da presença de vírus em alho semente da segunda e quarta gerações, produzidos por termoterapia e cultura de tecidoReação de genótipos de algodoeiro à mancha-de-alternária índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Summa Phytopathologica

versão impressa ISSN 0100-5405

Resumo

MOURA, Monika Fecury et al. Solanum americanum: reservatório de Potato virus Y e Cucumber mosaic virus em áreas de cultivo de pimentão. Summa phytopathol. [online]. 2014, vol.40, n.1, pp.78-80. ISSN 0100-5405.  https://doi.org/10.1590/S0100-54052014000100012.

As plantas daninhas podem atuar como importantes reservatórios de vírus. Solanum americanum (Maria Pretinha) é uma planta daninha comum no Brasil e amostras com mosaico foram coletadas em áreas produtoras de pimentão, para verificar a presença de vírus. Uma amostra apresentou infecção mista com Cucumber mosaic virus (CMV) e Potato virus Y (PVY) e uma amostra apresentou infecção simples com PVY. As duas espécies virais foram transmitidas por extrato vegetal e ocasionaram mosaico em tomate (Solanum lycopersicum cv. Santa Clara), pimentão (Capsicum annuum cv. Magda), Nicotiana benthamiana e N. tabaccum TNN, lesões locais em Chenopodium quinoa, C. murale e C. amaranticolor. As sequências de proteína capsidial para o CMV e PVY encontradas em S. americanum estão filogeneticamente mais relacionadas com isolados de tomate. Conclui-se que S. americanum pode atuar como reservatório de diferentes vírus, durante e entre as épocas de cultivo de pimentão.

Palavras-chave : plantas daninhas; Cucumovirus; Potyvirus.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons