SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 número2Uso de produtos naturais no controle de antracnose causado por Colletotrichum gloeosporioides em mamãoConcentração inibitória in vitro de fungicidas a isolados de Phakopsora pachyrhizi índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Summa Phytopathologica

versão impressa ISSN 0100-5405

Resumo

PIZETTA, Marilia et al. Estudos de três meios de cultura axênicos para a ferrugem das mirtáceas. Summa phytopathol. [online]. 2016, vol.42, n.2, pp.165-169. ISSN 0100-5405.  https://doi.org/10.1590/0100-5405/2145.

O cultivo axênico apresenta-se como uma ferramenta importante para estudos relacionados à biologia, patogenicidade e manutenção de culturas puras de espécies biotróficas. Portanto, o presente trabalho objetivou analisar o crescimento in vitro de urediniósporos de Puccinia psidii, utilizando meios de culturas enriquecidos, que obtiveram êxito para o cultivo axênico de outras ferrugens. Componentes como sais, aminoácidos, carboidratos e vitaminas foram selecionados para o preparo de três meios de cultura enriquecidos: ASZV Kuck (10), SH Schenk & Hildebrandt (21) e HG Harvey & Grasham (7), modificados. Comparativamente, elaboraram-se meios enriquecidos a partir de folhas de jambeiro (FJ), em quatro concentrações: 0,5; 1,0; 3,0 e 5,0 g L-1 (gramas de folhas para cada litro de água destilada). Neste estudo foi constatado apenas o primeiro estágio de crescimento fúngico, crescimento dos tubos germinativos, não apresentando continuação no desenvolvimento do patógeno. Os meios de cultura enriquecidos que propiciaram maior crescimento do tubo germinativo de P. psidii foram os meios ASZV, HG e FJ na concentração 0,5 g L-1.

Palavras-chave : Puccinia psidii; Myrtaceae; cultivo de biotrófico.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )