SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 issue2Evaluating the efficiency of extracts from plants native to caatinga on dry rot (Lasiodiplodia theobromae) control in bunches of grape cv. ItáliaSobrevivência e viabilidade de escleródios de Sclerotium cepivorum no solo author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Summa Phytopathologica

Print version ISSN 0100-5405On-line version ISSN 1980-5454

Abstract

PEIXINHO, Georgia de Souza et al. Extratos de Aroeira, Angico, Umburana e Quebra-faca no controle de Lasiodiplodia theobromae em cachos da videira cv. Itália. Summa phytopathol. [online]. 2017, vol.43, n.2, pp.158-160. ISSN 0100-5405.  https://doi.org/10.1590/0100-5405/2155.

O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito dos extratos vegetais sobre L. theobromae pela utilização de produtos como método alternativo. Foi analisado o crescimento micelial de L. theobromae em placas de Petri contendo o meio BDA suplementado com os extratos de Aroeira, Angico, Umburana e Quebra-faca nas concentrações de 10, 20 e 30%. Para avaliação do efeito direto dos extratos sobre o desenvolvimento de L. theobromae, cachos da cv Itália foram inoculados com o patógeno e, após 4 h, pulverizados com os diferentes extratos: Angico e Umburana (30%) e Quebra-faca (10%). Água destilada esterilizada (ADE) foi utilizada como testemunha. Posteriormente, para avaliar o potencial dos extratos como indutores de resistência, cachos da cv Itália foram submetidas aos mesmos tratamentos e, inoculados após 4 horas com L. theobromae. Os resultados mostraram que os extratos de Angico e Umburana nas concentrações de 30%, inibiram o crescimento micelial in vitro em 61,66 e 60% respectivamente, contudo os extratos testados não foram eficientes em inibir a incidência e a severidade da doença.

Keywords : produtos alternativos; doenças fúngicas; fitossanidade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )