SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 número2Diversidade genética entre linhagens de mamoeiro e sua correlação com heterose em híbridos para resistência à doença e características morfoagronômicasProdução de inóculo e avaliação de temperatura e molhamento para inoculação de Passalora sojina em soja índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Summa Phytopathologica

versão impressa ISSN 0100-5405versão On-line ISSN 1980-5454

Resumo

CAMARA, Guilherme de Resende; BUSATO, Laedio Magno; ALMEIDA, Bárbara Favalessa  e  MORAES, Willian Bucker. Elaboração e validação de escala diagramática para mancha de oídio em alface. Summa phytopathol. [online]. 2018, vol.44, n.2, pp.116-121. ISSN 0100-5405.  https://doi.org/10.1590/0100-5405/175851.

A mancha de oídio, causada por Oidium sp., é uma doença de grande importância em cultivos hidropônicos de alface. Entretanto, no Brasil, são escassas as pesquisas voltadas ao estudo epidemiológico desta doença, visto que métodos padronizados são necessários para quantificar a severidade da doença em sistemas hidropônicos de cultivo. Assim, propôs-se o desenvolvimento de uma escala logarítmica aos níveis de 0,37, 1, 2, 4, 8, 16, 32 e 74% de área foliar lesionada, testando-se os parâmetros de acurácia e precisão. A escala proposta foi validada por oito avaliadores, sendo quatro experientes e quatro inexperientes, os quais fizeram uso de 50 folhas que apresentavam sintomas da doença em níveis diferentes de severidade, mensurados previamente com auxílio do software QUANT®. Foram realizadas duas avaliações com intervalo de 48 horas, nas quais os avaliadores visualmente estimavam sequências distintas de folhas. Através de regressão linear pode-se determinar a acurácia e a precisão de cada avaliador. A escala proposta apresentou resultados satisfatórios de acurácia e precisão e, apesar da inexperiência de quatro avaliadores, os erros absolutos após o treinamento se encontraram na fixa de 8%. A escala proposta mostrou-se adequada para estimativa da severidade da mancha de oídio da alface.

Palavras-chave : Oidium sp.; Lactuca sativa L.; severidade; epidemiologia.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )