SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 número2Efeito de extratos vegetais aplicado em solo sobre Sclerotinia sclerotiorum e sobre feijoeiro comumAvaliação da agressividade e da diversidade genética de Sclerotinia sclerotiorum em tabaco no sul do Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Summa Phytopathologica

versão impressa ISSN 0100-5405versão On-line ISSN 1980-5454

Resumo

DEMARTELAERE, Andréa Celina Ferreira et al. Alternativas no controle da mancha marrom de alternaria em tangerineira ‘Dancy’. Summa phytopathol. [online]. 2018, vol.44, n.2, pp.164-169. ISSN 0100-5405.  https://doi.org/10.1590/0100-5405/173580.

A tangerineira ‘Dancy’ apresenta características desejáveis como cor, aroma, sabor e ampla aceitação pelo mercado consumidor. Trata-se de uma variedade bastante produzida no estado da Paraíba, porém, suscetível a mancha marrom de alternária (MMA), causada por Alternaria f. sp. citri, responsável por comprometer a qualidade dos frutos nas regiões produtores de tangerineiras. E para prevenir essa doença, tem-se ampliado pesquisas com o uso de produtos alternativos. Portanto, objetivo do trabalho foi determinar o potencial do extrato de Caesalpinia ferrea e da Quitosana® no manejo da MMA em frutos de tangerineira ‘Dancy’. Os frutos foram desinfestados e imersos em extrato de C. ferrea nas concentrações 0; 10; 100; 500 e 1000 µg/mL e a Quitosana® a 0,5; 1,0; 1,5 e 2,0 g/L. Após 24 h da aplicação dos produtos, foi inoculado o fungo A. alternata (105 esporos/mL). No segundo dia após a inoculação, foram realizadas diariamente a avaliação da severidade (AACPD). Para as análises das atividades da fenilalanina amônia-liase, peroxidase e polifenoloxidase foram retiradas três frutos/repetição no primeiro e no décimo segundo dia do experimento. O delineamento foi em DIC com 9 tratamentos (concentrações dos produtos) e 5 repetições com 5 frutos, constituindo uma unidade experimental com 225 frutos. Foi realizada análise de regressão e o teste de Dunnett (P ≤ 0,05) no programa SAS® System 9.3. As concentrações 500 µg/mL do extrato de C. ferrea e 1,5 g/L de Quitosana® reduziram a severidade da mancha marrom de alternária e promoveram altas atividades das enzimas em frutos de tangerineira ‘Dancy’.

Palavras-chave : Citrus tangerina; Caesalpinia ferrea; Quitosana®.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )