SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 número2Determinação de atividade antifúngica de extratos vegetais em Alternaria citrus índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Summa Phytopathologica

versão impressa ISSN 0100-5405versão On-line ISSN 1980-5454

Resumo

KOBAYASHI, Bruna Fukumoto  e  AMARAL, Daniel Rufino. Efeito de extratos vegetais de plantas do Cerrado para controle de pinta-preta em tomateiro. Summa phytopathol. [online]. 2018, vol.44, n.2, pp.189-192. ISSN 0100-5405.  https://doi.org/10.1590/0100-5405/2194.

A “Mancha de Alternaria” causada pelo fungo Alternaria solani é uma das principais e mais frequentes doenças que incidem na cultura do tomate. Manifesta-se nas hastes, caule e principalmente nas folhas, e em alta severidade. Causa desfolha e também pode provocar infecções nos frutos, tornando-os impróprios para comercialização. Para controle da doença, os defensivos sintéticos ainda são os mais utilizados. Visando a diminuição da toxicidade ao meio ambiente e à saúde humana, surge a busca pela utilização de produtos alternativos para o controle de doenças. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito de extratos vegetais para o controle de Alternaria solani na cultura do tomateiro: in vivo e in vitro. O experimento foi conduzido em duas etapas: 1- in vivo (em casa de vegetação em sistema hidropônico) e 2- in vitro (em laboratório). Os tratamentos utilizados na primeira etapa foram: 1- Testemunha (sem aplicação); 2- Extrato de Assa peixe; 3- Extrato de Aroeirinha; 4- Extrato de Pata de Vaca do Cerrado; 5- Extrato de Murici, sendo estes na concentração de 10% do extrato diluído em água e outra testemunha no qual foi aplicado um fungicida (Piraclostrobina). O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com quatro repetições. Na segunda etapa, o experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, sendo os mesmos tratamentos da primeira, exceto o tratamento comercial. Observou-se que os extratos a base de Aroeirinha e Assa Peixe, proporcionaram controle de mancha de alternaria em plantas de tomate no experimento in vivo. Já para o experimento in vitro, pode-se observar que o extrato de Murici e Aroeirinha diminuíram o crescimento micelial do fungo.

Palavras-chave : Controle alternativo; Solanum lycopersicon; Alternaria solani; extrato vegetal.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )