SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 número4Development and validation of a standard area diagram set to evaluate bacterial blight on yellow passion fruit leavesReação de acessos de Capsicum spp. ao fungo Fusarium solani índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Summa Phytopathologica

versão impressa ISSN 0100-5405versão On-line ISSN 1980-5454

Resumo

JARA, Miguel Angel Quilambaqui  e  MARINGONI, Antonio Carlos. Identification of the causal agent of “pata seca” in pepper crop production areas of Ecuador. Summa phytopathol. [online]. 2018, vol.44, n.4, pp.338-343. ISSN 0100-5405.  https://doi.org/10.1590/0100-5405/180291.

A cultura do pimentão (Capsicum annuum L.) tem alta importância econômica no Equador. Apesar da área platanda ser próxima de 5704 ha, a produtividade é baixa (3,17 t ha-1) em relação aos países da região. Nos últimos anos, a propagação e o desenvolvimento de uma doença que causa a morte da planta, conhecida pelos agricultores como “pata seca”, que ocorre nas áreas de produção situadas nas províncias de Guayas e Santa Elena, tem causado elevadas perdas econômicas. Objetivou-se avaliar efeito da doença “pata seca” em plantios comerciais de pimentão durante os anos de 2013 e 2014 e identificar o agente causal da enfermidade. Visitaram-se 23 fazendas, onde foram coletadas amostras e dados. A “pata seca” foi constatada em 79,2% das amostras, com 53,6% das plantas apresentando sintomas da doença. Detectou-se nas análises das amostras coletadas em 2013 e 2014, como predominantes os fungos Sclerotium rolfsii (31,17%, 49,64%) e Fusarium spp. (29,29%, 32,37%) respectivamente. Nos testes de patogenicidade confirmaram que o S. rofsii é o principal agente causal.

Palavras-chave : Fusarium spp; Sclerotium rolfsii; fungos associados; doença do pimentão; “pata seca”.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )