SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 número4Potencial de progênies dioicas de mamoeiro para resistência à oídioDistribuição espaço - temporal de sclerotinia sclerotiorum em campo de feijoeiro tratado com diferentes métodos de controle foliar índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Summa Phytopathologica

versão impressa ISSN 0100-5405versão On-line ISSN 1980-5454

Resumo

ASSI, Lindomar et al. Controle de pinta preta e de mancha bacteriana em tomateiro por extrato formulado de Rosmarinus officinalis. Summa phytopathol. [online]. 2018, vol.44, n.4, pp.355-360. ISSN 0100-5405.  https://doi.org/10.1590/0100-5405/178687.

Com o intuito de desenvolver novas medidas de proteção de plantas contra doenças, o objetivo deste trabalho foi verificar o controle da pinta preta (Alternaria solani) e da mancha bacteriana (Xanthomonas vesicatoria) no tomateiro, e a atividade antimicrobiana contra seus agentes causais utilizando pó solúvel de alecrim (Rosmarinus officinalis). Para o teste de estabilidade, o pó solúvel foi armazenado a 40 oC por 0, 60, 120 e 180 dias e testado em cinco concentrações (0, 50, 100, 150 e 200 mg L-1). Definidos o tempo de prateleira e a melhor concentração, avaliaram-se os intervalos de aplicação de sete, 14 e 21 dias. Como tratamentos controle foram utilizados os fungicidas Azoxystrobina (200 mg do ingrediente ativo – i.a. mL-1) para pinta preta e Oxicloreto de cobre (400 mg i.a. mL-1) para mancha bacteriana. Não houve atividade antimicrobiana in vitro do extrato contra A. solani e X. vesicatoria. A concentração calculada de extrato de alecrim que resultou em menor severidade das doenças foi de 130 mg L-1, com tempo de prateleira do pó solúvel de 24 meses. O extrato proporcionou o mesmo nível de controle da pinta preta e da mancha bacteriana que os fungicidas utilizados, com eficiência de até 75%, em intervalo de aplicação de sete dias. Estes resultados demonstram a eficiência do pó solúvel de alecrim para controle da pinta preta e da mancha bacteriana do tomateiro.

Palavras-chave : agricultura orgânica; alecrim; Alternaria solani; controle alternativo; indução de resistência; Solanum lycopersicum; Xanthomonas vesicatoria.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )