SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número1Using the Spikes protocol to teach skills in breaking bad newsCinema as a teaching tool for discussing bioethical issues: reflections on euthanasia índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Revista Brasileira de Educação Médica

versión impresa ISSN 0100-5502

Resumen

GARCIA, Maria Alice Amorim  y  SILVA, Ana Laura Batista da. Um perfil do docente de medicina e sua participação na reestruturação curricular. Rev. bras. educ. med. [online]. 2011, vol.35, n.1, pp.58-68. ISSN 0100-5502.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-55022011000100009.

A dificuldade em obter a adesão dos docentes de Medicina às reformas curriculares e pesquisas cor-relatas tem sido recorrente e explicada pela não profissionalização da função docente; complexidade e diversidade de atividades e cenários que caracterizam o ensino médico; vínculo precário com as instituições e dedicação parcial às escolas; insegurança; corporativismo e resistências a mudanças. Esta pesquisa objetivou descrever o perfil dos docentes e analisar suas expectativas quanto à formação médica e sua participação no planejamento pedagógico, visando estimular a reorientação curricular, promovendo o ensino "no e para" o Sistema Único de Saúde (SUS). Os docentes observam que aspectos organizacionais e gerenciais da universidade impedem o envolvimento pessoal no Projeto Pedagógico. Por outro lado, reconhecem a necessidade de mudanças no ensino e manifestam interesse pela docência no nível superior. É preciso exercitar a reflexão sobre a prática, para que esta possa ser uma referência para a interpelação e transformação das formas tradicionais de conceber o ensino em saúde.

Palabras clave : Educação Médica; Docentes de Medicina; Currículo; Ensino; Sistema Único de Saúde.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons