SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 número1Terminologia da atenção primária à saúdeCuidados no fim da vida: o ensino médico no Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Educação Médica

versão impressa ISSN 0100-5502

Resumo

AQUINO, Leda Amar de; WUILLAUME, Susana Maciel  e  CARDOSO, Maria Helena Cabral de Almeida. Ordenando no tempo e no espaço: epistemologia narrativa, semiologia e raciocínio clínico. Rev. bras. educ. med. [online]. 2012, vol.36, n.1, pp.100-108. ISSN 0100-5502.  https://doi.org/10.1590/S0100-55022012000100014.

Este artigo discute o papel do processo narrativo como elemento constituinte da prática médica. A pesquisa se baseou nos entendimentos que médicos, ao final de um programa de residência médica em Pediatria, fazem da Semiologia Médica, como estrutura fundamental à construção do raciocínio clínico. Os entrevistados se revelaram conscientes da importância de seus conhecimentos médicos, bem como da experiência clínica, posicionando-se como semiotas no ouvir, observar e examinar seus pacientes, aperfeiçoando o "olhar clínico", que, de acordo com as falas, perpassa o palpar e o visualizar, remetendo ao escutar e ao ordenar reflexivamente, no tempo e no espaço, os eventos constituintes do processo da saúde e da doença. Em nenhum deles se manifestou a ilusão absoluta de que a utilização dos recursos tecnológicos por si só revelaria o estado de saúde e/ou de doença de seus pacientes. Constatamos que, embora os entrevistados façam uso da narratologia como base epistemológica do saber médico, não estão conscientes disso.

Palavras-chave : Sinais e Sintomas; Competência Clínica; Narração.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons