SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número4Variação do índice de área foliar em clones de eucalipto ao longo de seu ciclo de crescimentoComposição florística de uma floresta estacional semidecidual montana no município de Viçosa-MG índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Árvore

versão impressa ISSN 0100-6762

Resumo

KONIG, Flávia Gizele; SCHUMACHER, Mauro Valdir; BRUN, Eleandro José  e  SELING, Irene. Avaliação da sazonalidade da produção de serapilheira numa Floresta Estacional Decidual no município de Santa Maria-RS. Rev. Árvore [online]. 2002, vol.26, n.4, pp. 429-435. ISSN 0100-6762.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622002000400005.

Durante o período de um ano, foram avaliadas a quantidade de serapilheira depositada e a sazonalidade de sua queda em um ecossistema de Floresta Estacional Decidual, próximo ao município de Santa Maria-RS. Para o estudo foram utilizados 30 coletores de metal de formato circular, com 50 cm de diâmetro, distribuídos de maneira sistemática em seis parcelas de formato retangular, medindo 18 x 20 m, em área com características ambientais semelhantes. O material depositado foi coletado mensalmente, separado em diferentes frações, seco e pesado. A queda de serapilheira foi de 9,2 Mg/ha/ano, apresentando a seguinte composição: 67,8% de folhas, 19,3% de galhos finos e 12,9% de miscelânea (flores, frutos, sementes, outros materiais vegetais). As maiores produções de serapilheira ocorreram entre julho e setembro, no período de inverno, e as menores entre outubro e abril, na primavera e no verão. A deposição de serapilheira apresentou correlações negativas com a temperatura.

Palavras-chave : Floresta Estacional Decidual; serapilheira; sustentabilidade.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português