SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue6Vigor of stored seeds oe yellow-ipe Tabebuia serratifolia (Vahl.) NichRoot performace of eucalyptus stecklings, produced in different containers and substrates author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Árvore

Print version ISSN 0100-6762

Abstract

MAFIA, Reginaldo Gonçalves et al. Crescimento de mudas e produtividade de minijardins clonais de eucalipto tratados com rizobactérias selecionadas. Rev. Árvore [online]. 2005, vol.29, n.6, pp. 843-851. ISSN 0100-6762.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622005000600002.

O efeito de rizobactérias promotoras do crescimento foi avaliado sobre a produção de biomassa radicular, número de miniestacas por minicepa e produtividade de minijardins clonais (número de miniestacas x porcentagem de enraizamento) de eucalipto, em viveiro. Com exceção do clone 57, em todos os demais testados foi observado incremento da biomassa radicular, com média igual a 53, 52 e 69%, respectivamente, nos clones 129, 1274 e 7074. Em geral, verificaram-se diferenças significativas em produção de miniestacas, mas não no índice de produtividade. O isolado S1 destacou-se quanto à produção de miniestacas, com incrementos que variaram de 11 a 23% para os clones 129 e 1274, respectivamente. Para o clone 7074, o incremento médio foi de 15%. Os resultados indicam claramente que rizobactérias podem ser utilizadas para maximizar a propagação vegetativa do eucalipto, por estaquia.

Keywords : Eucalipto; rizobactérias; propagação clonal; minijardim clonal.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese