SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número6Estimação do volume de árvores utilizando redes neurais artificiaisAvaliação do desempenho logístico do transporte rodoviário de madeira de áreas de fomento florestal com o uso de rede de Petri índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Árvore

versão impressa ISSN 0100-6762

Resumo

MAXIMO, Pedro Silveira; SILVA, Marcio Lopes da  e  MAXIMO, Maria Silveira. Valoração de contingente pelas modelagens logit e análise multivariada: um estudo de caso da disposição a aceitar compensação dos cafeicultores vinculados ao PRO-CAFÉ de Viçosa - MG. Rev. Árvore [online]. 2009, vol.33, n.6, pp. 1149-1157. ISSN 0100-6762.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622009000600017.

O objetivo deste estudo foi, justamente, identificar, entre os métodos LOGIT e a análise multivariada, qual a mais eficaz para estimar a Disposição a Aceitar Compensação (DAC) dos cafeicultores quando o viés da utilidade marginal é passível de ocorrência. Para tal, foi elaborado um formulário com 33 perguntas envolvendo informações sobre características socioeconômicas dos cafeicultores, o uso da metodologia de valoração de contingente (MVC) e do veículo de pagamento dos "Jogos de Lances", que revelou a Disposição a Aceitar uma Compensação (DAC) na troca de um hectare de café por um hectare de mata. Como esperado, por causa do viés da utilidade marginal o método LOGIT foi incapaz de produzir resultados consistentes. Já a estimação da DAC pela análise multivariada mostrou que, caso o governo estivesse disposto a aumentar a provisão de mata em 70 ha, ele deveria despender 254.200 reais por ano, tratando apenas dos cafeicultores vinculados ao programa do PRO-CAFÉ.

Palavras-chave : LOGIT; análise multivariada; disposição a aceitar compensação (DAC).

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português