SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número1Effect of potassium on the hardening phase of clonal seedlings of eucalypt índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista Árvore

versión impresa ISSN 0100-6762

Resumen

FIGUEIREDO, Fábio Afonso Mazzei Moura de Assis et al. Efeito das variações biométricas de mudas clonais de eucalipto sobre o crescimento no campo. Rev. Árvore [online]. 2011, vol.35, n.1, pp. 1-11. ISSN 0100-6762.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622011000100001.

Este trabalho objetivou avaliar o efeito da variação de altura e diâmetro de colo de mudas clonais do híbrido de Eucalyptus grandis x E. urophylla sobre o crescimento após o plantio nos sítios de Aracruz-ES, Mucuri-BA, Montanha-ES e Carlos Chagas-MG. As classes selecionadas foram: mudas altas e grossas (AG), mudas altas com diâmetro médio (AM), mudas médias com diâmetro grosso (MG), mudas médias com diâmetro médio (MM), mudas pequenas com diâmetro médio (PM) e mudas pequenas com diâmetro fino (PF). Os valores dessas classes foram: altura: A (31-40 cm), M (21-30 cm) e P (10-20 cm); diâmetro: G (3,1-4,0 mm), M (2,1-3,0 mm) e F (1,5-2,0 mm). As mudas, 90 dias após o transplantio nos tubetes e consideradas rustificadas, foram plantadas e as avaliações de altura (H) e diâmetro (D), feitas no 1°, 2°, 3°, 6° e 12° meses. A massa de matéria seca de folhas, lenho, casca, galhos e raízes finas, médias e grossas foram avaliadas no sexto mês. Mudas com maiores dimensões de altura e diâmetro apresentaram maior crescimento inicial, mas as diferenças tenderam a diminuir ao longo do tempo. O sítio de Carlos Chagas teve as piores condições para o crescimento das plantas.

Palabras llave : Qualidade de mudas; Características morfológicas; Mudas clonais e Eucalyptus spp.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués