SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número3Avaliação ergonômica de modelos de cabos aéreos utilizados na extração florestal índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Árvore

versão impressa ISSN 0100-6762

Resumo

SALLES, Thiago Taglialegna; SILVA, Márcio Lopes da; SOARES, Naisy Silva  e  MORAES, Angelo Casali de. Exportação brasileira de papel e celulose: sua dinâmica pela equação gravitacional. Rev. Árvore [online]. 2011, vol.35, n.3, pp. 573-580. ISSN 0100-6762.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622011000300020.

O Brasil figura entre os principais produtores de celulose e papel e a indústria brasileira é mundialmente competitiva no setor. Com interesses voltados para este cenário, aplicou-se neste estudo a equação de gravidade, usada para explicar de maneira empírica fluxos de comércio entre países, com objetivo de analisar a dinâmica da exportação de papel e de celulose pelo Brasil no período de 1997 a 2005. O modelo gravitacional foi adaptado e suas variáveis explicativas foram: PIB do Brasil, PIB do país importador, PIB per capita do país importador e distância entre o importador e o Brasil. Os resultados mostraram que a distância influenciou negativamente as exportações de papel, mas ao contrário do esperado, seu coeficiente associado apresentou valor positivo para a exportação de celulose. O PIB per capta dos países importadores teve contribuição positiva para as exportações de celulose e negativa para as de papel. Tanto o PIB do Brasil, quanto o PIB dos países importadores tiveram seus coeficientes associados apresentando valor positivo, como esperado. Concluiu-se que o modelo obteve êxito na predição dos fluxos bilaterais do comércio das commodities em análise. As exportações, tanto de papel quanto de celulose, foram mais sensíveis a variações no PIB do Brasil do que a variações no PIB, PIB per capita e na distância dos países importadores. A distância influencia negativamente as exportações de papel, mas não as da celulose brasileira.

Palavras-chave : Exportação de papel e celulose; Modelo gravitacional; Brasil.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português