SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue6Development of cedro-rosa seedlings in soil contaminated by copper: tolerance and the potential for soil phytostabilization proposalGermination and quality of Adenostemma brasilianum (pers.) cass. seeds, a native understore Asteraceae of the Atlantic Forest author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Árvore

Print version ISSN 0100-6762

Abstract

MARTINS, Cibele Chalita; CALDAS, Isliana Griebler Ribeiro; MACHADO, Carla Gomes  and  DOURADO, Wilson de Souza. Tipos de substratos para germinação de sementes de palmeira- real-australiana (Archontophoenix alexandrae H. Wendl. & Drude). Rev. Árvore [online]. 2011, vol.35, n.6, pp. 1189-1196. ISSN 0100-6762.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622011000700005.

Os objetivos deste trabalho foram avaliar o desempenho germinativo de sementes de palmeira-australiana em diferentes substratos e estabelecer a granulometria e intensidade de umedecimento adequado. A semeadura foi realizada com quatro repetições de 25 sementes em solo, areia, rolo de papel e em vermiculita de diferentes granulometrias: mícron (0,15-0,20 mm), superfina (0,21-0,30 mm), fina (0,30-0,50 mm) e média (1,19-0,50 mm), umedecidas com 0,5; 1,0; 1,5; e 2,0 vezes o seu peso em água. O teste de germinação foi conduzido a 20-30 °C, avaliando-se a primeira contagem do teste aos sete dias após a semeadura e, semanalmente, a germinação (plântulas normais) até os 35 dias, quando foram contabilizadas, também, as plântulas anormais e as sementes mortas. Calcularam-se o tempo médio e frequência relativa de germinação. A vermiculita mícron umedecida com uma vez o seu peso em água apresentou o melhor desempenho como substrato para o teste de germinação de sementes de palmeira-real-australiana, por possibilitar a máxima germinação das sementes (90%) e velocidade de germinação, demandando tempo médio de 15,3 dias nesse processo.

Keywords : Umedecimento; Granulometria; Vermiculita; Velocidade de germinação; Archontophoenix alexandrae.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese