SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 issue4Bacterial wilt: pathogen spread and disease effects on the eucalyptus cloningImplementation of protected areas forcentral corridor of Atlantic Forestin Bahia: challenges and limits author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Árvore

Print version ISSN 0100-6762

Abstract

LISBOA, Alysson Canabrava et al. Efeito do volume de tubetes na produção de mudas de Calophyllum brasiliense e Toona ciliata. Rev. Árvore [online]. 2012, vol.36, n.4, pp. 603-609. ISSN 0100-6762.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622012000400003.

A demanda por informações silviculturais de espécies florestais alternativas para reflorestamentos com fins econômicos, entre as quais incluem os métodos de produção de mudas, tem aumentado nos últimos anos. Neste trabalho, avaliou-se a influência de volumes de tubetes, com dimensões de 115, 180 e de 280 cm3, no crescimento de mudas de guanandi (Calophyllum brasiliense Cambess.) e cedro-australiano (Toona ciliata M. Roem. var. australis (F. Muell.) Bahadur). O substrato utilizado foi composto por uma mistura de 80% de substrato comercial e 20% de argila. Foram avaliados o diâmetro de colo e a altura das mudas aos 60, 90, 120 e 150 dias após a repicagem. Nessa última ocasião, determinou-se também o peso de massa seca da parte aérea, do sistema radicular e total, bem como o Índice de Qualidade de Dickson. Houve efeito do volume do tubete sobre as características das mudas, sendo o cedro-australiano a espécie mais responsiva. Conclui-se que para o guanandi o tubete mais indicado é o de 180 cm3 e para o cedro-australiano, o de 280 cm3.

Keywords : Cedro-australiano; Guanandi; Recipientes.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese