SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 número4Kinetic parameters of adhesives produced from tannin Anadenanthera peregrina and Eucalyptus grandisThermal instrumentation applied to charcoal production índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Revista Árvore

versión impresa ISSN 0100-6762

Resumen

MANFREDI, Mauro; OLIVEIRA, Rubens Chaves de  y  SILVA, Juliana Cristina da. Melhoramento das propriedades de papéis reciclados através da ultrassonificação das fibras e adição de xilanas. Rev. Árvore [online]. 2012, vol.36, n.4, pp.777-785. ISSN 0100-6762.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622012000400019.

Nesse estudo foi avaliado o potencial de utilização de vibrações ultrassônicas e adição de xilanas para melhorar a qualidade do papel reciclado. Inicialmente, foi realizado um estudo de otimização do tratamento ultrassônico. Foram avaliadas as influências do pH, da consistência da massa e do tempo de tratamento. A consistência da massa não afetou significativamente os resultados. Entretanto, elevados tempos de tratamento e valores de pH intensificaram os efeitos da ultrassonificação. O tratamento ultrassônico melhorou as propriedades mecânicas do papel de forma semelhante ao refino em PFI, embora com menor intensidade. As ondas ultrassônicas atuam, principalmente, promovendo o desfibrilamento externo das fibras. Também foram investigados os impactos da adição de xilanas na polpa. Os resultados indicaram que, mesmo com pequenas dosagens de xilanas (10 g/kg), foi possível aumentar significativamente a resistência mecânica do papel. Dosagens acima de 50 g/kg não são justificáveis. As tecnologias de ultrassonificação e adição de xilanas evidenciaram grande potencial técnico para melhorar a qualidade do papel reciclado.

Palabras clave : Fibras secundárias; Ultrassom; Xilanas.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons