SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número2Avaliação de classificadora de cilindros divergentes para tomate "Carmen"Administração limpa e enxuta em sistemas hidráulicos de colhedoras de cana-de-açúcar índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Engenharia Agrícola

versão impressa ISSN 0100-6916

Resumo

SMANHOTTO, Adriana et al. Cobre e zinco no material percolado e no solo com a aplicação de água residuaria de suinocultura em solo cultivado com soja. Eng. Agríc. [online]. 2010, vol.30, n.2, pp. 347-357. ISSN 0100-6916.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69162010000200017.

O objetivo deste trabalho foi avaliar possíveis efeitos da aplicação de taxas de água residuária de suinocultura (ARS), quanto às concentrações de cobre e zinco, tanto no solo quanto na água percolada de lisímetros de drenagem, durante o ciclo da cultura da soja. O experimento foi conduzido em ambiente protegido, onde havia 24 lisímetros de drenagem. Semeou-se soja cultivar CD 202, e foram aplicadas ARS nas seguintes dosagens: 0; 100; 200 e 300 m3 ha-1 no ciclo, combinadas com duas adubações na semeadura (com e sem adição da adubação recomendada na semeadura), em três repetições por tratamento. Foram feitas seis coletas do material percolado durante o ciclo da cultura e realizadas determinações de cobre e zinco. No solo, foram feitas três coletas em cada parcela experimental, para a determinação do pH, da matéria orgânica, da capacidade de troca catiônica, do cobre e do zinco. O delineamento foi em blocos casualizados, num esquema fatorial de 4 x 2. Observou-se que o cobre no solo não apresentou diferenças significativas com a aplicação de ARS e adubação, enquanto as concentrações de zinco no solo foram influenciadas pelas taxas aplicadas de ARS. As transferências de cobre e de zinco por percolação foram pouco expressivas.

Palavras-chave : reúso de água; lixiviação; lisímetros.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português