SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número6Índíces de conforto térmico e concentração de gases em galpões avícolas no semiárido ParaibanoDimensionamento de motores para o bombeamento de água índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Engenharia Agrícola

versão impressa ISSN 0100-6916

Resumo

SARUBBI, Juliana et al. Utilização de energia elétrica em diferentes sistemas de aquecimento para leitões desmamados. Eng. Agríc. [online]. 2010, vol.30, n.6, pp. 1003-1011. ISSN 0100-6916.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69162010000600002.

A eficiência do uso de energia elétrica no aquecimento de leitões em fase de creche e maternidade pode ser viabilizada sem prejudicar o conforto térmico dos suínos. Neste trabalho, foram comparadas três tecnologias de aquecimento de leitões em fase de creche, quanto ao uso de energia elétrica e ao ambiente térmico. Estudaram-se três tratamentos: resistências elétricas suspensas (TR), piso aquecido (TP) e aquecimento por convecção (TA). Os critérios de comparação foram: consumo de energia elétrica (kWh), demanda máxima de potência (kW), consumo específico (kWh/kg de suíno vivo produzido), a quantidade de energia elétrica consumida (kWh) para o aumento de 1ºC em 1m3 de ar, a temperatura de bulbo seco (ºC) e o Índice de Temperatura e Umidade (ITU). O sistema de aquecimento por piso (TP) foi melhor sob o aspecto de uso de energia elétrica, e o sistema de aquecimento por resistências elétricas suspensas (TR) foi o que melhor atendeu às necessidades térmicas dos animais.

Palavras-chave : suinocultura; creche; racionalização de energia elétrica; piso aquecido.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português