SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número6The influence of time referral in the treatment of iatrogenic lesions of biliary tractComparative study of the radical and standard lymphadenectomy in the surgical treatment of adenocarcinoma of the ampula of Vater índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões

versión impresa ISSN 0100-6991

Resumen

BROMBERG, Sansom Henrique et al. Heterotopia pancreática: análise clínico-patológica de 18 doentes. Rev. Col. Bras. Cir. [online]. 2010, vol.37, n.6, pp. 413-419. ISSN 0100-6991.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69912010000600007.

OBJETIVO: Analisar as características clínico-patológicas do tecido pancreático heterotópico em órgãos digestivos abdominais. MÉTODOS: Realizamos estudo retrospectivo analisando 18 portadores de pâncreas heterotópico diagnosticados histologicamente. Seus dados clínicos e histopatológicos foram revistos. O tecido pancreático heterotópico foi classificado em três modelos histológicos: tipo I constituído por três componentes do pâncreas normal (ácinos, ductos e ilhotas), tipo II com dois componentes e tipo três com somente um componente. RESULTADOS: A média de idade foi de 52,7 anos, variando de 34 a 73 anos, com nove homens e nove mulheres. Sintomas foram observados em somente quatro doentes, sendo suas lesôes diagnosticadas por gastroscopia. Os 14 restantes eram assintomáticos e suas anomalias descobertas acidentalmente. A maioria das lesões situava-se no trato superior: sete (38,9%) no estômago, seis (33,3%) no duodeno e três (16,6%) no jejuno. A heterotopia localizou-se preferencialmente na submucosa (83,3%), mas também foi observada na muscular própria e na sub-serosa. Em sete (38,9%) espécimes todos os componentes pancreáticos foram constatados (tipo I), em oito (44,4%) estavam presentes glândulas exócrinas e ductos excretores (tipo II) e em três (16,7%) somente o tecido exócrino foi observado (tipo III). CONCLUSÃO: A heterotopia pancreática é rara. Doentes com ectopia pancreática diagnosticadas pelo estudo patológico, assintomáticos ou com sintomas discretos devem permanecer em observação. As lesões detectadas acidentalmente durante procedimentos cirúrgicos necessitam ser removidas por procedimentos conservadores.

Palabras llave : Coristoma; Pâncreas; Sistema digestório; Cirurgia.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués | Inglés     · pdf en Inglés | Portugués