SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue3Quality of life and menopausal symptoms in women with liver transplants author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia

Print version ISSN 0100-7203

Abstract

AGUIAR, Fernando Nalesso; MENDES, Henrique Nogueira; BACCHI, Carlos E.  and  CARVALHO, Filomena Marino. Comparação do grau nuclear e perfil imunoistoquímico nos componentes in situ e invasivo de carcinoma mamário. Rev. Bras. Ginecol. Obstet. [online]. 2013, vol.35, n.3, pp.97-102. ISSN 0100-7203.  https://doi.org/10.1590/S0100-72032013000300002.

OBJETIVO: Comparar características prognósticas e preditivas entre os componentes in situ e invasivo de carcinomas ductais da mama. MÉTODOS: Selecionamos 146 amostras mamárias consecutivas com carcinoma ductal in situ (CDIS) associado com carcinoma invasivo (CI) adjacente. Avaliamos grau nuclear e a expressão imunoistoquímica de receptor de estrogênio (RE), receptor de progesterona (RP), receptor do fator de crescimento epidérmico humano 2 (HER2), citoqueratina 5/6 (CK5/6) e o receptor do fator de crescimento epidérmico (EGFR) em ambos componentes, in situ e invasor, e a porcentagem de células marcadas pelo Ki-67 no componente invasivo. CDIS e CI foram classificados nos tipos moleculares, determinados pelo perfil imunoistoquímico, como luminal (RE/RP-positivo/HER2-negativo), triplo-positivo (RE/RP/HER2-positivo), HER2-puro (RE/RP-negativo/HER2-positivo) e triplo-negativo (RE/RP/HER2-negativo). A discriminação entre luminal A e Luminal B não foi feita por motivos estatísticos. Correlações entre as categorias dos dois grupos foram feitas pelo método de correlação de Spearman. RESULTADOS: Houve significante associação entre grau nuclear (p<0,0001), expressão de RE/RP) (p<0,0001), superexpressão de HER2 (p<0,0001), expressão de EGFR (p<0,0001) e perfil molecular (p<0,0001) entre os componentes in situ e invasivo. CK5/6 mostrou distribuição distinta em CDIS e CI, apresentando significante associação com o fenótipo triplo-negativo em CI, mas uma associação negativa ente os CDIS. CONCLUSÕES:Nossos resultados sugerem que as características prognósticas e preditivas clássicas dos CI estão já determinadas no estágio pré-invasivo da doença. Entretanto, o papel da CK5/6 no carcinoma invasivo pode ser diferente daquele das lesões precursoras.

Keywords : Neoplasias da mama [química]; Carcinoma ductal de mama [química]; Técnicas imunoenzimáticas; Receptores estrogênicos [análise]; Receptor, erbB-2 [análise]; Queratina-5 [análise]; Queratina-6 [análise]; Antígeno Ki-67 [análise]; Marcadores biológicos de tumor.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License