SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue7Predictive factors for voiding dysfunction after transobturator slingsEvaluation of sexual function in postmenopause women with metabolic syndrome author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia

Print version ISSN 0100-7203

Abstract

VALADARES, Ana Lúcia Ribeiro et al. Autopercepção de vida sexual e fatores associados: estudo populacional em mulheres com 50 anos ou mais. Rev. Bras. Ginecol. Obstet. [online]. 2013, vol.35, n.7, pp.295-300. ISSN 0100-7203.  https://doi.org/10.1590/S0100-72032013000700003.

OBJETIVO: Avaliar a prevalência de vida sexual em mulheres de 50 anos de idade ou mais, assim como avaliar sua autopercepção em relação à vida sexual e os fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal de base-populacional, por meio de autorrelato em pesquisa domiciliar, envolvendo 622 mulheres brasileiras de 50 anos de idade ou mais. Fatores sociodemográficos, clínicos e comportamentais foram avaliados. A autopercepção da vida sexual foi classificada como muito boa, boa, regular, ruim ou muito ruim. Os dados foram analisados usando-se o teste do χ2, o teste exato de Fisher e a análise de regressão múltipla de Poisson. As razões de prevalência e seus intervalos de confiança de 95% foram calculados. RESULTADOS: Das mulheres nesta amostra, 228 (36,7%) relataram ter vida sexual e, destas, 53,5% classificaram-na como muito boa ou boa, enquanto 46,5% consideraram-na regular, ruim ou muito ruim. A análise bivariada indicou que estar na pós-menopausa (p=0,025) e usar remédios naturais para tratamento da menopausa (p=0,035) foram os fatores associados com a classificação da vida sexual pelas mulheres como regular, ruim ou muito ruim. A análise de regressão múltipla mostrou que mulheres que tinham usado ou usavam atualmente remédios naturais para o tratamento da menopausa classificaram sua vida sexual como regular, ruim ou muito ruim. CONCLUSÕES: Mais da metade das mulheres de 50 anos de idade ou mais não referiram vida sexual. Uma pior autopercepção da vida sexual foi associada com o uso de remédios naturais para o tratamento da menopausa. Isso pode indicar a necessidade de melhorias na avaliação e no tratamento dessas mulheres. Pode ser útil na prática clínica a autoavaliação da vida sexual pelas mulheres.

Keywords : Envelhecimento; Comportamento sexual; Mulheres; Autoimagem.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License