SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue2Can the Induction of Labor with Misoprostol Increase Maternal Blood Loss? author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia

Print version ISSN 0100-7203On-line version ISSN 1806-9339

Abstract

SILVEIRA, Carla  and  COMMAG STUDY GROUP et al. Validação da versão de 36 itens do WHO Disability Assessment Schedule 2.0 (WHODAS 2.0) para a avaliação de incapacidade e funcionalidade da mulher associada à morbidade materna. Rev. Bras. Ginecol. Obstet. [online]. 2017, vol.39, n.2, pp.44-53. ISSN 0100-7203.  https://doi.org/10.1055/s-0037-1598599.

Objetivo

Validar a versão adaptada para o português brasileiro do instrumento World Health Organizaton Disability Assessment Schedule 2.0 (WHODAS 2.0), em seu conteúdo e estrutura (construto), em uma população de mulheres após a gravidez.

Métodos

Trata-se de validação de um instrumento para incapacidade e funcionalidade, incluindo suas propriedades psicométricas, realizada em uma maternidade de referência em gestação de alto risco no Brasil. Incluiu uma amostra de 638mulheres em diferentes períodos pós-parto que tiveram uma gravidez normal ou com complicações. A estrutura foi avaliada por análise fatorial exploratória (AFE) e análise fatorial confirmatória (AFC), enquanto o conteúdo e as associações entre os domínios foram avaliados por meio do coeficiente de correlação de Pearson. Foram identificadas características sociodemográficas, e os escores médios do WHODAS 2.0 para as 36 questões foram calculados. A consistência interna foi avaliada pelo método α de Cronbach.

Resultados

O α de Cronbach foi maior do que 0,79 para os dois conjuntos de perguntas do questionário. A AFE e a AFC para as 32 questões apresentaram uma variância total de 54,7% (medida de adequação da amostra de Kaiser-Meyer-Olkin [KMO] = 0,934; p < 0,001) e 53,47% (KMO = 0,934; p < 0,001), respectivamente. Houve uma correlação significativa entre os 6 domínios (r = 0,571-0,876), e moderada correlação entre todos os domínios (r = 0,476-0,694).

Conclusão

O instrumento WHODAS 2.0, adaptado para o português do Brasil, mostrou boas propriedades psicométricas nessa amostra e, portanto, pode ser aplicado a populações de mulheres com relação à sua história reprodutiva.

Keywords : Classificação Internacional de Funcionalidade; Incapacidade e Saúde (CIF); complicações na gravidez; estudos de validação; saúde materno-infantil.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )