SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número4Resposta imune específica de bovinos experimentalmente sensibilizados com inóculos inativados de Mycobacterium bovis e Mycobacterium aviumPrincipais enfermidades do peixe-rei (Odontesthes bonariensis) registradas na Argentina Central índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Pesquisa Veterinária Brasileira

versão impressa ISSN 0100-736X

Resumo

NOBREGA JR, J. Escarião da; RIET-CORREA, Franklin; MEDEIROS, Rosane M.T  e  DANTAS, Antônio F.M. Intoxicação por Sorhgum halepense (Poaceae) em bovinos no semi-árido. Pesq. Vet. Bras. [online]. 2006, vol.26, n.4, pp. 201-204. ISSN 0100-736X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-736X2006000400003.

Descreve-se um surto de intoxicação por Sorghum halepense (L.) Pers. no município de Santa Luzia, semi-árido da Paraíba. Nove bovinos foram colocados numa pastagem com S. halepense em fase de rebrota, com 25-30cm de altura, 15 dias após as primeiras chuvas. Sinais clínicos de dispnéia, ansiedade, tremores musculares e incoordenação apareceram 10-15 minutos após a ingestão. Dois animais morreram em um período aproximado de 3 horas. Na necropsia observaram-se congestão e cianose das mucosas, musculatura escura, pulmão com pontos hemorrágicos e edema, além de folhas da planta no rúmen. A planta foi positiva no teste do papel picrosódico. Mudas de S. halepense coletadas no Município de Currais Novos, Rio Grande do Norte, onde havia históricos de uma intoxicação semelhante, foram plantadas em vasos e realizado o teste de papel picrosódico a cada 15 dias. A planta foi positiva para HCN durante todos os estágios, sendo que nos primeiros 45 dias a reação ocorreu dentro de 1 minuto e, posteriormente, em até 3 minutos. Trinta dias após ter sido plantada, a planta de um dos vasos foi administrada a um caprino causando sinais característicos de intoxicação cianídrica na dose de 11,8g/kg de peso do animal. O caprino se recuperou após tratamento com uma solução de tiossulfato de sódio a 20% na dose de 5mL/10kg. No semi-árido, S. halepense é freqüentemente encontrado como invasora em beiras de açudes e culturas irrigadas, sendo utilizado como forrageira, na época seca, em áreas de vazante.

Palavras-chave : Plantas tóxicas; Sorghum halepense; ácido cianídrico; intoxicação por planta; glicosídeos cianogênicos; bovinos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português