SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número4Características morfológicas e estudo da vascularização do corpo lúteo cíclico de cabras ao longo do ciclo estralEstabelecimento de um protocolo para obtenção de linhagens de células-tronco neuronais a partir do epitélio olfatório de cães índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Pesquisa Veterinária Brasileira

versão impressa ISSN 0100-736X

Resumo

MELO, Juliana Félix de et al. Atividade antioxidante de macrófagos alveolares em ratos endotoxêmicos. Pesq. Vet. Bras. [online]. 2010, vol.30, n.4, pp. 358-362. ISSN 0100-736X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-736X2010000400013.

Avaliou-se o efeito da endotoxemia sobre a atividade antioxidante de macrófagos alveolares em ratos da linhagem Wistar. Foram utilizados 24 ratos machos, com idade entre 90 e 120 dias, os quais foram divididos em dois grupos: controle e endotoxêmico. O grupo endotoxêmico foi submetido à injeção intraperitonial de lipopolissacarídio na dose de 1mg/kg de peso corporal. Após 24 h, coletou-se sangue para contagem total e diferencial de leucócitos; lavado broncoalveolar para contagem total e diferencial dos leucócitos e, a partir de macrófagos isolados deste lavado, foram realizadas as dosagens de superóxido e superóxido dismutase. A endotoxemia aumentou a contagem total de leucócitos e o número de neutrófilos no sangue periférico, no lavado broncoalveolar, e aumentou a produção de superóxido sem modificar a produção da superóxido dismutase. Esses resultados sugerem que a endotoxemia induz a uma resposta inflamatória no pulmão. Contudo, não altera a atividade antioxidante em ratos adultos. Tal fato potencializa a resposta contra agentes infecciosos pelo hospedeiro, mas também pode contribuir na patogênese de injúria pulmonar.

Palavras-chave : Atividade antioxidante; atividade oxidante; endotoxemia; recrutamento celular; macrófago.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português