SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número9Distúrbios comportamentais em ruminantes não associados a doenças: origem, significado e importânciaCoccídios isosporóides (Apicomplexa: Eimeriidae) parasitos de traupídeos (Passeriformes: Thraupidae) da ilha de Marambaia, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Pesquisa Veterinária Brasileira

versão impressa ISSN 0100-736X

Resumo

FRANCO, Rodrigo P.; PEREIRA, Gener T.  e  CAMACHO, Aparecido A.. Avaliação clínica da utilização do maleato de enalapril e furosemida em cães com doença degenerativa mixomatosa da válvula mitral, classe funcional Ib. Pesq. Vet. Bras. [online]. 2011, vol.31, n.9, pp.791-797. ISSN 0100-736X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-736X2011000900011.

A doença degenerativa mixomatosa da válvula mitral (DDMVM) é uma cardiopatia de alta incidência na clínica médica de pequenos animais, acometendo mormente cães idosos e raças de pequeno porte. Desta forma, foi realizada uma investigação científica objetivando avaliar clinicamente a utilização dos fármacos maleato de enalapril e furosemida em cães com a referida enfermidade na classe funcional Ib da ICC, antes e após a terapêutica implantada. Para isso, utilizaram-se 16 cães portadores da valvulopatia supracitada, distribuídos em dois grupos; com o primeiro recebendo furosemida (n=8) e o segundo maleato de enalapril (n=8), durante 56 dias. Os cães foram avaliados em quatro momentos (T0, T14, T28 e T56 dias) quanto aos sinais clínicos e parâmetros hematológicos e bioquímico-séricos, que incluíram concentrações séricas da enzima conversora da angiotensina (ECA) e aldosterona, como também avaliações radiográficas, eletrocardiográficas, ecodopplercardiográficas e da pressão arterial. Os resultados quanto aos parâmetros clínicos, avaliações hematológicas e bioquímicas séricas não revelaram alterações significativas em ambos os grupos, mas reduções significativas nos valores de ECA e aldosterona no grupo que recebeu o maleato de enalapril foram identificadas. Ao exame radiográfico observou-se reduções nos valores de VHS e na variável onda Pms do eletrocardiograma em ambos os grupos, mas sem alterações nos valores da pressão arterial. Por sua vez, o ecodopplercardiograma evidenciou diminuição significativa das variáveis DIVEd/s nos grupos estudados e na FEC% nos cães que receberam somente enalapril. Portanto, a análise dos resultados encontrados indicou que a monoterapia fundamentada no maleato de enalapril apresentou melhor eficiência no controle do quadro clínico em pacientes da classe funcional Ib da ICC.

Palavras-chave : Degeneração mixomatosa; válvula mitral; caninos; cardiologia.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons