SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue5Sheep epididymitis by Actinobacillus seminis in the state of Pernambuco, BrazilSystemic infection by Yersinia enterocolitica in chinchillas (Chinchilla laniger) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Pesquisa Veterinária Brasileira

Print version ISSN 0100-736X

Abstract

GIRARDINI, Lilian Kolling et al. Análise filogenética e de patotipos de Escherichia coli isoladas de suínos no Sul do Brazil. Pesq. Vet. Bras. [online]. 2012, vol.32, n.5, pp. 374-378. ISSN 0100-736X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-736X2012000500002.

O presente estudo teve por objetivo avaliar a presença de diferentes fatores de virulência em 152 isolados de Escherichia coli intestinais e extra-intestinais provenientes de suínos pela técnica de PCR multiplex e classificá-los nos grupos filogenéticos A, B1, B2 e D, de acordo com Clermont et al. (2000). Setenta e sete isolados foram positivos para pelo menos um fator de virulência. Através da caracterização filogenética, 21 isolados foram caracterizados como pertencentes ao grupo A, 65 ao grupo B1, 19 ao grupo B2 e 47 isolados ao grupo D. Quatorze isolados de urina foram caracterizados como E. coli uropatogênica (UPEC); nove apresentaram fatores de UPEC e E. coli enterotoxigênica (ETEC) simultaneamente e quatro foram classificados como ETEC. Na classificação filogenética, os isolados provenientes de amostras de urina classificaram-se principalmente nos grupos D e B1. Das amostras de fezes analisadas, 25 demonstraram fatores de virulência característicos do patotipo ETEC. Filogeneticamente, o grupo de maior ocorrência foi o B1 seguido de B2, A e D. Em relação às cepas isoladas de intestino delgado, 20 foram caracterizadas como ETEC. Pela filogenia, 23 isolados classificaram-se nos grupos A ou B1. Seis isolados de tecidos foram qualificados como ETEC e a maioria deles foram designados como pertencentes ao grupo D, pela classificação filogenética. A análise filogenética pode ser empregada em laboratórios de diagnóstico veterinário como um screening para isolados de E. coli, incluindo a possibilidade de seleção de cepas vacinais e levantamentos epidemiológicos.

Keywords : Escherichia coli; tipificação de E. coli; filogenia; E. coli uropatogênica; E. coli enterotoxigênica.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English